Como fazer Networking do jeito certo e ser indicado para vagas de emprego

Como fazer Networking em um passo a passo que funciona

Todo mundo sabe que uma rede de contatos rica e bem alimentada pode aumentar suas oportunidades de sucesso profissional. O que poucos sabem é como fazer networking com essa rede, para receber ajuda quando precisar.

Quem já foi naqueles eventos de networking onde cada pessoa tem 1 minuto para dizer o que faz e depois distribui cartões para os demais presentes? Qual foi a efetividade disso para o seu networking, além de sair com a bolsa abarrotada de cartões de visita?

Nesse artigo vamos mostrar um passo a passo que realmente funciona para você saber como fazer networking em qualquer evento ou rede social. Acompanhe!

O que é networking profissional

Para começar, precisamos definir o que é networking profissional. Muitas pessoas confundem com a troca de cartões, que citei anteriormente.

Na verdade, o segredo para possuir uma rede de contatos ativa chama-se relacionamento. Significa que, ao contrário do que as pessoas pensam, o networking não é conhecer novas pessoas. É como você vai se relacionar com elas, depois de conhecê-las.

Isso vale tanto para contatos presenciais, quanto para seus amigos nas redes sociais.

Uma rede de contatos composta por pessoas que saibam quem você é e o quanto é competente no seu trabalho será essencial para ter acesso às diversas oportunidades.

Oportunidades como um emprego melhor, uma recolocação, caso esteja desempregado, e, até mesmo, uma promoção dentro da empresa.

Alíás, você sabia que grande parte das vagas de emprego abertas nem chegam a ser anunciadas no mercado de trabalho?

As empresas estão investindo cada vez mais em programas internos de indicações de funcionários, onde as vagas são preenchidas por profissionais que façam parte do networking dos colaboradores da empresa.

E isso faz todo o sentido. Primeiro, por conta da economia ao não precisar realizar um processo seletivo que pode ser demorado e atrapalhar a produtividade do RH.

E segundo, porque a empresa aumenta as chances de receber currículos qualificados e de pessoas idôneas. Afinal, ninguém vai querer ‘queimar seu filme’ dentro da empresa indicando qualquer um.

Entendeu o poder de uma boa rede de contatos? Agora vamos ver como fazer networking para que você possa se beneficiar desse cenário.

________________________________________________________________

Networking é um dos 5 Passos essenciais para encontrar um novo emprego, muito melhor do que o atual, onde você possa trabalhar com o que REALMENTE gosta de fazer, sendo valorizado pelos resultados que entrega. Descubra quais são os outros:

Clique AQUI e baixe o Ebook Gratuito Como Conquistar o Emprego dos Sonhos em 5 Passos!

________________________________________________________________

Como fazer Networking profissional

O networking não é uma via de mão única, nem deve ser usado apenas quando você precisa de ajuda. Ele é uma maneira de aproximar pessoas com interesses comuns, de gerar reciprocidade, solidariedade e também conhecimento.

A seguir, vamos ver o passo a passo necessário para isso.

1 – Localize seus contatos

O primeiro passo para você saber como fazer networking é definir quem precisa entrar para sua rede de contatos e quais serão os meios de gerar relacionamento com essas pessoas.

Para isso, você deve traçar um plano abrangendo quais profissionais quer conhecer, de quais empresas e de que áreas de atuação.

Será necessário investir tempo e energia para realizar uma pesquisa de mercado, listando as empresas que você deseja trabalhar e os profissionais que podem ser estratégicos para sua carreira.

A pesquisa também será útil para ajudá-lo a entender quais são essas conexões, para que você possa modular seu discurso de acordo com o perfil das pessoas.

O segundo passo são as ações que você vai empreender para contatar essas pessoas. Por exemplo, você pode reservar um almoço ou um café para se encontrar com os profissionais da sua cidade. Caso eles morem em outra localidade, agende conversas pelo Skype.

2 – Ajude antes de ser ajudado

A verdadeira maneira de saber como fazer networking é estar disposto contribuir incondicionalmente para que seus contatos vejam o valor que você tem a agregar na vida profissional deles.

Assim, eles se sentirão dispostos a retribuir incondicionalmente também.

Os membros do seu networking precisam se sentir seguros o suficiente para indicar uma vaga de emprego, por exemplo. Para isso, você precisa construir confiança através de um relacionamento consistente com eles.

É por isso que não adianta ficar enviando currículos ou pedindo emprego para quem você ainda não conhece muito bem.

O melhor relacionamento é aquele que você desenvolve baseado na honestidade, ética e generosidade. Ou seja, é preciso dar algo antes de querer receber.

Assim você ativa a reciprocidade, um princípio inerente à natureza humana, que faz com que a outra pessoa se sinta devedora por um favor ou uma gentileza que você tenha feito a ela. E aí começa o vínculo entre vocês.

3 – Mantenha suas redes sociais atualizadas

Os tempos mudaram e, atualmente, quem sabe como fazer networking, usa as mídias sociais para aumentar sua rede e deixá-la atualizada com sua vida pessoal e profissional.

Plataformas como o Facebook, Linkedin e Instagram se tornaram ferramentas essenciais para diversos objetivos como se divertir, procurar ou pedir emprego, fazer negócios, entre outros.

E todos eles podem ser acelerados a partir de um bom networking.

Nesse cenário, você pode usar as “timelines” para informar, compartilhar e se relacionar com seus contatos, mostrando para sua rede quem é você, seus valores, seu trabalho, seus hobbies.

Tudo o que você escreve e publica transmite uma mensagem, dizendo muito sobre sua personalidade.

Isso se tornou tão importante, que até recrutadores e headhunters avaliam o perfil dos candidatos nas redes para conhecer um pouco mais sobre a sua vida e para avaliar se será uma boa contratação.

4 – Aprenda a usar o Linkedin

Entre todas as redes sociais, o Linkedin é considerado a mais poderosa ferramenta para aprender como fazer networking online.

É a maior rede social profissional do mundo, tendo sido criado para facilitar a interação e geração de negócios entre seus usuários.

Para usá-lo você precisará criar um perfil, gratuito, e preenchê-lo com todas as suas informações profissionais.

É recomendável falar um pouco sobre quem é você, incluindo informações sobre sua personalidade. Isso aumenta as chances das pessoas chegarem no seu perfil e solicitarem que você faça parte da rede delas.

A partir daí, você tem acesso a, literalmente, profissionais do mundo inteiro. O Linkedin permite, por exemplo, que você convide todos os seus contatos cadastrados nos seus e-mails para se tornarem sua rede de conexões iniciais.

Além dessa, ele possui várias outras ferramentas voltadas para o aumento da sua rede de conexões e a manutenção do relacionamento com elas.

________________________________________________________________

Networking é um dos 5 Passos essenciais para encontrar um novo emprego, muito melhor do que o atual, onde você possa trabalhar com o que REALMENTE gosta de fazer, sendo valorizado pelos resultados que entrega. Descubra quais são os outros:

Clique AQUI e baixe o Ebook Gratuito Como Conquistar o Emprego dos Sonhos em 5 Passos!

________________________________________________________________

5 – Eventos presenciais: planeje a sua abordagem

Muitas pessoas são inseguras para falar com estranhos ou vão para um evento  despreparadas e acabam cometendo erros ao aproximar-se de profissionais interessantes. Isso pode comprometer o crescimento de seu círculo de contatos.

Sempre que você for participar de um evento, seja uma happy hour ou um congresso, que pode resultar em contatos valiosos, é importante definir seu propósito.

Pesquise o perfil dos profissionais que estarão presentes e memorize 2 ou 3 assuntos relacionados aquele nicho de mercado.

Ao abordar as pessoas seja sempre muito gentil e observe se sua atitude não está incomodando. Ao menor sinal de constrangimento, peça desculpas pelo incômodo e retire-se antes de forçar a barra.

Existem alguns pequenos truques que você pode usar para deixar a outra pessoa mais relaxada com sua presença, como, por exemplo, chegar sorrindo, respeitar o espaço pessoal (mais ou menos 45 cm) e copiar sutilmente a postura dela.

Demonstre interesse pela pessoa. Evite ficar falando demais de você, faça perguntas alinhadas com o que você precisa saber daquele profissional.

Lembre-se que é a primeira impressão que permanece. Busque maneiras de se fazer interessante e de ser lembrado depois que for embora. Isso facilitará a continuação do relacionamento posteriormente.

6 – E depois? Continuando o relacionamento

Você conheceu a pessoa naquela feira ou congresso, a conversa foi animada, evoluiu para troca de experiências profissionais e vocês trocaram cartões.

E agora, o que fazer para não deixar “esfriar a relação”?

A melhor forma é colocar em prática o que falei no segundo tópico. Pense como você pode ajudar a pessoa, fazendo alguma coisa por ela, mesmo que seja um pequeno favor.

Durante a conversa, procure descobrir as preferências e interesses da pessoa e faça algo por ela. Nada de presentes ou coisas do tipo, mas pequenas gentilezas informais, como indicar um bom livro ou filme, ou talvez até enviar uma revista com uma matéria relacionada a algo que vocês conversaram.

Indicações de restaurantes, cabeleireiros, lojas, qualquer coisa que seja para ajudar. Dependendo do caso, podem ser poucos minutos para você, mas para a outra pessoa pode ser de grande ajuda.

E você ainda pode usar disso como pretexto para agendar um novo encontro, como um café ou almoço, após algum tempo, para  fortalecer o vínculo entre vocês.

São estas pequenas ações ajudam a criar um relacionamento entre pessoas que antes não tinham nada em comum.

7 – Faça um ‘fundo para Networking’

Aprender, na prática, como fazer networking, requer um pequeno investimento de tempo, energia e dinheiro, também. Afinal, serão custos com happy hours, cafés e almoços, com uma certa frequência, dependendo da sua necessidade.

Portanto, talvez seja uma boa ideia você separar uma pequena parte da sua renda, criando uma reserva financeira para esses gastos.

Assim, quando houver um convite para alguma reunião de negócios em um restaurante, por exemplo, você não terá desculpas para não ir.

Ampliando seu Networking: quantidade não é qualidade

Não se preocupe se você ainda não sabe como fazer networking e a sua rede de contatos ainda está bem pequena.

Quantidade não é qualidade e é muito melhor ter poucos contatos com uma relação fortalecida do que centenas que não saibam direito quem você é.

Além disso, a boa notícia é que você pode ir ampliando aos poucos seu networking, conhecendo novas pessoas em quase todos os locais que você frequenta no dia a dia.

Veja, a seguir, como fazer isso.

Pessoas conhecidas

Uma maneira eficiente para você saber como fazer networking é começar pelo jeito mais fácil. E isso significa familiares e amigos, pessoas que já possui  intimidade, mas que muitas vezes não encaramos como possíveis fontes de contatos profissionais.

Vamos a eles:

  • Familiares e amigos: Os amigos e familiares são ótimas fontes de contatos, pois trabalham em diversas áreas e empresas diferentes. Além disso, por serem pessoas próximas, conhecem o seu perfil profissional e pessoal. Mantenha esse círculo bem aquecido e atualizado sobre suas pretensões profissionais, sempre se lembrando deles no momento de uma indicação. Com certeza, isso fará com que eles também se lembrem de quem os indicou quando souberem de alguma oportunidade;
  • Professores e ex-colegas de faculdade: algumas de nossas melhores amizades nascem na época da Universidade, entre os professores e colegas de classe. Mesmo que você nunca mais tenha visto essas pessoas, pode se utilizar da facilidade das redes sociais para resgatar esses contatos. Pode ser que algum ex-colega seu possui um cargo de destaque exatamente na empresa em que você sempre sonhou trabalhar;
  • Ex-gestores e (ex-)colegas de trabalho: você gasta a maior parte do seu convívio diário com as pessoas do seu trabalho. Portanto, é fundamental manter a sua postura profissional e fazer o seu marketing pessoal. Mantenha um bom relacionamento com os antigos chefes e colegas, seja solícito, cordial e solicite feedbacks. Lembre-se que a sua postura, o seu comportamento e a forma como se comunica estão sendo observados constantemente;

Em resumo, todas as pessoas que já passaram pela sua vida podem entrar para seu networking. Afinal, eles também conhecem muitas pessoas e nunca se sabe de onde pode vir uma ótima oportunidade para você.

Cursos e especializações

Se você é um profissional antenado com as necessidades do seu mercado, provavelmente, investe um bom tempo se atualizando e estudando para ser cada vez melhor no trabalho.

Os cursos e especializações que fará (ou que esteja fazendo) são ótimas fontes de contatos para aumentar sua rede. Aproveite que estará inserido no mesmo ambiente com outros profissionais, o que facilita muito a comunicação e a troca de informações.

Participe dos trabalhos em grupos, saia para tomar café ou comemorar algo com a sua turma.

Feiras e congressos

Na mesma linha de atualização profissional do tópico anterior, participar de eventos é uma ótima maneira de aprender como fazer networking.

Pesquise por feiras, congressos, palestras ou qualquer outro evento que ocorra em sua cidade e que estejam ligados à sua área de atuação.

Organize-se para participar. Você será duplamente beneficiado: ficará atualizado quanto ao seu mercado e encontrará pessoas diferentes que podem ser novos contatos para sua rede.

Happy Hour

A happy hour da empresa ou dos colegas de trabalho são excelentes oportunidades para quem está aprendendo como fazer networking.

Passar um tempo com os seus colegas fora do ambiente de trabalho é extremamente benéfico. Dessa maneira, você fortalece as relações profissionais, levando-as para o campo da amizade.

Isso vai fortalecer suas relações interpessoais, melhorando, inclusive, a produtividade, caso trabalhem nos mesmos projetos.

Conclusão

Bom, agora que você já sabe como fazer networking, é hora de colocar em prática o passo a passo que aprendeu aqui. Será necessário um pouco de dedicação e disciplina para manter a sua rede de relacionamento ativa, através de encontros regulares com seus contatos.

No entanto, é um investimento que dará frutos quando você mais precisar. Considere como um investimento de tempo e energia no seu futuro profissional.

________________________________________________________________

Tenha um Guia com os 5 Passos essenciais para encontrar um novo emprego, muito melhor do que o atual, onde você possa trabalhar com o que REALMENTE gosta de fazer, sendo valorizado pelos resultados que entrega. 

Clique AQUI e baixe o Ebook Gratuito Como Conquistar o Emprego dos Sonhos em 5 Passos!

________________________________________________________________

Coach Eduardo Corrêa

Master Coach de Carreira pelo Instituto MS de Coaching de Carreira. Personal and Professional Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching, formação certificada internacionalmente pelo BCI. Practitioner em Programação Neurolinguística pelo INAp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *