Emprego no Linkedin: Como Ser Encontrado Pelos Recrutadores

Se você está buscando emprego no Linkedin, se candidatando às vagas que aparecem por lá, e não está conseguindo ser encontrado, nem ser chamado para as entrevistas, este artigo vai te ajudar. Vou te mostrar como se diferenciar usando as informações do seu Perfil no Linkedin, para não ser atingido pela concorrência cada vez mais acirrada do mercado.

Existem dois grupos de vagas que são abertas e preenchidas e você nem fica sabendo, porque não são divulgadas. O primeiro grupo é composto pelas vagas que são preenchidas pelos programas de indicação interna das empresas, um movimento crescente, com o objetivo de aumentar as contratações de qualidade.

E o segundo grupo são as vagas sigilosas, abertas para substituir um profissional que ainda trabalha na empresa ou para contratar alguém que será responsável por alguma mudança na estratégia da empresa. Nestes casos, os headhunters são contratados para localizar os profissionais mais alinhados no mercado para preencher estas vagas.

E o Linkedin, hoje, além de ser a maior ferramenta de networking online existente, também se tornou a principal fonte de pesquisa e captação de profissionais pelos recrutadores e headhunters.

Portanto, se você está buscando emprego no Linkedin e quer ter acesso a estas vagas, seja pela indicação de confiança de outro profissional ou por ser localizado pelos headhunters, é essencial trabalhar de forma estratégica todas as informações que você coloca nesta rede social.

Mas como fazer isso?

Como ser encontrado pelos recrutadores e conseguir um emprego no Linkedin

Não existe uma fórmula mágica para conseguir emprego no Linkedin, mas, existem algumas ações estratégicas que você deve realizar para aumentar enormemente as chances de ser encontrado. Essas ações têm como objetivo principal criar um Perfil “vendedor”, que possa ser encontrado pelos recrutadores e que demonstre que você preenche os requisitos necessários para as vagas abertas.

Vamos a elas:

1) Perfil Completo e muito bem escrito

Quando você está buscando emprego no Linkedin, ser encontrado é o 1º passo. A partir daí, o seu perfil tem que cativar quem estiver lendo, pois você não terá uma outra chance de causar uma ótima primeira impressão. Isso significa que o seu Perfil no Linkedin é o seu cartão de visitas.

É por onde você será encontrado, visto e lembrado.

Ou não….

Suas informações devem ser colocadas de forma atrativa e estratégica para que o seu perfil fique bem posicionado nas pesquisas realizadas por recrutadores e headhunters, fazendo com que você seja encontrado por eles.

Isso significa que você deve preencher da forma mais detalhada possível cada campo, tomando o máximo de cuidado com erros de digitação e de português. Além disso, você deve incluir as palavras chaves mais importantes no seu segmento de mercado. Essas palavras chaves são termos pelos quais os recrutadores buscam os profissionais.

Podem ser especializações, certificações, nomes de cargos, entre outras coisas. Faça uma pequena lista, em torno de cinco termos, e os distribua ao longo do seu perfil, principalmente nos campos Descrição Profissional, Resumo e Experiência. Isso vai melhorar o posicionamento do seu perfil nas pesquisas feitas pelos recrutadores.

Mas, como eu falei, esse é apenas o 1º passo. Não basta ser encontrado. A partir daí, o seu perfil tem que cativar esses profissionais, demonstrando que você pode ser o melhor candidato para as vagas que eles têm para oferecer, te chamando para os processos seletivos.

2) Foto

A foto é um item essencial para quem está buscando emprego no Linkedin. Vivemos em um mundo muito digitalizado. Ver o rosto da pessoa passa mais credibilidade. Pesquisas indicam que perfis com foto no Linkedin são visualizados 14 vezes mais do que aqueles sem foto.

Mas não pode ser qualquer foto. Parece óbvio, mas não é.

Já vi perfis com fotos de festas, na praia ou com óculos escuro. Lembre-se que esta rede é profissional, então evite fotos em ambientes pessoais. Sua foto deve estar alinhada com o seu segmento de atuação, seja ele mais conservador ou mais informal, portanto preste atenção no grau de formalidade, na roupa e no ambiente de fundo.

Coloque uma foto que transmita a mensagem do profissional que você é.

________________________________________________________________

Ser encontrado no Linkedin é um dos passos para ser contratado. Veja quais são os outros  

 Como Conquistar o Emprego dos Sonhos!

Clique AQUI para conhecer os outros passos essenciais para encontrar um novo emprego, muito melhor do que o atual, onde você possa trabalhar com o que REALMENTE gosta de fazer, sendo valorizado pelos resultados que entrega.

________________________________________________________________

3) Título ou Descrição Profissional

Este é o campo que vem logo abaixo do seu nome. Este é o primeiro item que os headhunters olham para decidir se você pode ser o profissional que eles estão procurando e se vão olhar o restante do seu perfil.

Você tem 120 caracteres para trabalhar neste campo. Não seja tão genérico. Em vez de incluir apenas “Gerente”, escreva a área especifica em que atua, por exemplo: “Gerente Comercial” ou “Profissional de Marketing de Produto – Industria de Luxo – Bens de Consumo”.

Inclua também alguma certificação ou conhecimento específico que seja um diferencial importante no seu setor, como o PMP ou PMI para quem trabalha com Gerência de Projetos.

4) Resumo

Este é o próximo campo que as pessoas irão ler. Aqui você deve escrever, de forma resumida, seus principais projetos e as áreas que você se destaca. Seja sempre objetivo, inclua tópicos para facilitar o entendimento e inclua suas experiências profissionais, destacando suas capacitações técnicas e comportamentais.

Os recrutadores e headhunters procurarão identificar o seu perfil pela sua escrita, portanto capriche. A dica do bom português é ainda mais importante aqui.

Se tiver dúvidas sobre como escrever, pesquise o resumo de outros profissionais da sua área.

Inclua o seu currículo. Se o headhunter gostar do seu Resumo ele vai querer ver o seu histórico profissional e, se ele já estiver ali, vai facilitar o trabalho dele.

Os campos de Resumo, Experiência Profissional e Formação Acadêmica do seu Perfil possuem recursos multimídia. Você pode incluir arquivos PDF e PPT, vídeos, etc. Use com sabedoria.

5) Experiência Profissional

Escreva além do nome da empresa e seu cargo. Cargos são muito genéricos, e cada empresa divide suas atividades de formas diferentes. Escreva suas principais responsabilidades, seus resultados obtidos. Se foi promovido ao longo de sua experiência naquela mesma empresa, crie mais uma experiência, para que fique claro que você não esteve todo o tempo na mesma posição.

Aqui você também deve usar os recursos de mídia que eu citei. Você pode incluir arquivos em PDF, apresentações, prêmios e vídeos relacionados às suas atividades profissionais e que podem ser um diferencial, complementando a parte escrita.

6) Formação Acadêmica

Na maioria das vezes a sua formação não é mais um grande diferencial e sim um item básico para determinados cargos.

Mesmo assim, inclua todas as informações disponíveis, como os anos de conclusão das suas formações, cursos, MBAs, etc.

7) Competências Comportamentais

Ao buscar um emprego no Linedin, o seu Perfil tem que mostrar toda a sua experiência e capacitação técnica, mas não só isso. Ele tem que mostrar também QUEM É VOCÊ, como é sua personalidade, quais são suas competências comportamentais ou “soft skills”.

Recrutadores e headhunters preocupam-se com o risco de contratar alguém com baixa inteligência emocional e isso trazer problemas para a equipe e a empresa, no médio ou longo prazo.

Portanto, aproveite os campos Resumo e Experiência Profissional para demonstrar quais habilidades comportamentais você possui e como as desenvolveu ao longo da sua vida profissional.

E, se por acaso, você tem consciência que precisa trabalhar determinada característica, seja liderança, relacionamento interpessoal, empatia, etc, não espere mais.

O seu desenvolvimento comportamental tem que acompanhar o seu desenvolvimento técnico. E a falta de dinheiro ou tempo não podem ser desculpas, pois existe muita informação de qualidade disponível na internet, com cursos gratuitos, inclusive.

Mas, se puder, contrate um profissional, seja um mentor ou um coach. Mudanças de comportamentos são complexas e pode ser que, sozinho, você não consiga, ok?!

Pronto para ser encontrado no Linkedin?

O seu Perfil no Linkedin é o seu cartão de visitas. É por onde você será encontrado, visto e lembrado. Através dele, você poderá ter acesso a várias oportunidades, não apenas vagas de emprego.

Você também pode ser chamado para dar palestras, aulas, ou qualquer outra experiência que contribuirá para o seu crescimento profissional e que aumentará sua visibilidade.

Portanto, invista tempo e energia na confecção de um Perfil realmente atraente, que possa ser a sua vitrine profissional. Você só tem a ganhar.

________________________________________________________________

Gostou do artigo? Ser encontrado no Linkedin é um dos passos para ser contratado. Veja quais são os outros  

 Como Conquistar o Emprego dos Sonhos!

Clique AQUI para conhecer os outros passos essenciais para encontrar um novo emprego, muito melhor do que o atual, onde você possa trabalhar com o que REALMENTE gosta de fazer, sendo valorizado pelos resultados que entrega.

________________________________________________________________

Coach Eduardo Corrêa

Master Coach de Carreira pelo Instituto MS de Coaching de Carreira. Personal and Professional Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching, formação certificada internacionalmente pelo BCI. Practitioner em Programação Neurolinguística pelo INAp.

2 comentários em “Emprego no Linkedin: Como Ser Encontrado Pelos Recrutadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *